Joseni Melo Advogados Associados

Recife, Pernambuco, Brasil

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

A PROPÓSITO - ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA OU OS VÍRUS ASSASSINOS

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Ensaio sobre a cegueira ou os vírus assassinos

Os primeiros sintomas foram apenas incômodos. Cansaço, febrícula, dores, essas coisas a que estamos acostumados. Jamais se vira, no entanto, uma doença alastrar-se tão rapidamente. Primeiro, epidemia, que de pronto se fez pandemia e dor, muita dor, no eterno adeus dos entes queridos.

Apesar das reiteradas advertências dos especialistas, o governo tratava o assunto como se fosse de interesse secundário, enquanto o vírus ceifava, sem discriminação, vidas ricas e pobres, embora estes em flagrante desproporção.

O governo, enfim, foi compelido a agir, e em vez de brincar de médico foi, mesmo a contragosto, implementar providências enérgicas. A força da pandemia, contudo, é maior, não permitindo redução do ímpeto viral, como desejado.

A propósito, a realidade cede lugar à ficção de José Saramago (Ensaios sobre a cegueira) falando de um mundo onde todos os habitantes se tornam cegos. Nesse mundo, apenas uma mulher manterá a sua visão, enfrentando todos os horrores que serão causados, presenciando o poder, a obediência, a ganância, o carinho, o desejo, a vergonha, os dominadores e os dominados, os subjugadores e os subjugados, as lutas pela comida,  a compaixão pelos mais necessitados, a violência, o abuso sexual, a morte…

Prossegue Saramago relatando que a cidade estará toda infectada, cheia de cadáveres, lixo, detritos, todo o tipo de imundície. Os cegos, por sua vez, passarão a seguir os seus instintos animais, vindo a sobreviver como nômades, instalando-se em lojas ou casas desconhecidas. José Saramago nos induz a refletir sobre a moral, os costumes, a ética e o preconceito através dos olhos da personagem principal da obra, a mulher do médico.

Esse quadro aterrador pertence à ficção de José Saramago, repita-se, mas, pense bem, tem muitas afinidades com a realidade atual. Ausência de leitos e de vagas em UTI para os que se estão ultimando nestes dias turbulentos, é uma delas.

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .br

 

Pensando bem, Ensaio sobre a cegueira é pesadelo ou realidade?

Última atualização em Seg, 05 de Abril de 2021 09:09  

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar


Quem esta aqui

Nós temos 14 visitantes online

Notícias em Destaque