Joseni Melo Advogados Associados

Recife, Pernambuco, Brasil

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

A PROPÓSITO 999 - PEDALADAS

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

MARCELO ALCOFORADO | A PROPÓSITO 999 | 10 DEZEMBRO 2018

Nem sempre exercícios físicos beneficiam os praticantes

A ciência já comprovou largamente que exercícios físicos trazem efetivos benefícios á saúde de quem os pratica com frequência. Para facilitar a atividade, existem variados acessórios à disposição dos interessados, com opções que vão das peladas de futebol às pedaladas nas modernas bicicletas que cruzam as cidades. Essas pedaladas, no entanto, só são válidas se em lugares abertos, arborizados, oxigenados, tendo a claridade do sol como espectadora.

Infelizmente, porém, há os que apreciam pedalar em lugares fechados, exíguos, preferencialmente com um mínimo de espectadores, o que termina causando muito mal. A ex-presidente da República, Dilma Rousseff e seu então ministro da Fazenda Guido Mantega, estão experimentando essa amarga verdade.

O Ministério Público Federal vem de ingressar  na Justiça com ação civil por improbidade administrativa contra a dupla e mais alguns ginastas, acusando-os de se valerem dos cargos que ocupavam para “maquiar as estatísticas fiscais com o objetivo de melhorar a percepção da performance governamental e ocultar uma crise fiscal e econômica iminente, comprometendo ainda mais a saúde financeira do Estado”.

Traduzindo, as pedaladas fiscais mirraram a vigorosa energia das estatísticas do governo, contribuindo para o rebaixamento da nota de crédito do país no mercado financeiro internacional e pondo a nu a verdadeira habilidade dos atletas.

Daí são pesadas as consequências propostas pelo MPF. Requer-se perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida, e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos e indenização por danos morais coletivos pela prática de improbidade administrativa.

Como é fácil imaginar, avizinham-se dias terríveis para esse grupo de ciclistas brasilienses, o que lhes recomenda um rápido aprendizado de como conduzir a bicicleta. Para começar, sugere-se a reinstalação daquelas pequenas rodas no eixo traseiro das bicicletas, o que acostuma auxiliar a andar na linha.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar


Quem esta aqui

Nós temos 14 visitantes online

Notícias em Destaque